segunda-feira, 4 de junho de 2012

Distinção entre racismo e sexismo e aprofundando o assunto de como os pais devem lidar com a diversidade sexual dos filhos

Racismo: discriminação ou segregação em virtude da raça.
Sexismo: discriminação ou segregação em virtude do sexo, gênero ou condição sexual.
As vezes ser objetivo assim ajuda as pessoas a compreenderem que alguns termos fazem toda diferença e não se dão ao trabalho de pesquisar. Algumas pessoas, por exemplo, assimilam RACISMO à HOMOFOBIA, o que nada tem a ver uma coisa com a outra. Homofobia se encaixa em SEXISMO.
Tem gente que quando presencia uma situação homofóbica diz: 'nossa, como você é racista!' Fico decepcionado. ¬¬
O certo seria: 'nossa, como você é SEXISTA!'
Um exemplo de sexismo muito comum é o HETEROSSEXISMO, ou seja, pessoas que acham que seus filhos, familiares, amigos e a sociedade inteira deveria ser heterossexual (apenas para favorecer seu orgulho heterossexual). Mas as variações de sexismo também podem ocorrer, como: HOMOSSEXISMO, BISSEXISMO, etc.
Qualquer suposição que considere uma sexualidade como única e universal ou superior às outras condições sexuais são sexistas.
Cena do filme 'Orações para Bobby'
 
Aprofundando o assunto:
Acho que os pais não deveriam pensar que o filho sofrerá por ser homossexual, pois isso não é necessariamente uma verdade. Se há apoio da família, principalmente dos pais, não haverá preconceito que rebaixe os filhos. O preconceito pode ser enfrentado com apoio dos pais. Os pais acreditando que homossexualidade dos filhos obrigatoriamente será sinônimo de sofrimento, na minha opinião, só transmitirá imaturidade e insegurança para os filhos e complicará ainda mais. O certo é procurar entender a sexualidade dos filhos ficando bem informado para aí sim saber lidar com situações preconceituosas. O mais correto é sempre agir com naturalidade em relação a sexualidade dos filhos, entender que não é porque você é heterossexual que seu filho será. A sexualidade do ser humano não é hereditária para ser herdada. Tente fixar isso na sua cabeça e lhe ajudará muito a despir-se dos seus preconceitos ou ideias errôneas construídas pela sociedade heterossexista, heteronormativa e machista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário